Sete atitudes para sufocar a criatividade de sua equipe

por Jairo Siqueira · 5 comentários

em Criatividade, Liderança

Post image for Sete atitudes para sufocar a criatividade de sua equipe

Através de suas atitudes os gerentes conservadores e acomodados podem enviar diariamente poderosas mensagens que inibem a criatividade de seus colaboradores e sufocam as iniciativas de inovação dos processos, produtos e serviços aos clientes. Eis algumas das mais nocivas:

  1. Olhe cada nova ideia de sua equipe com suspeita. Primeiro porque elas são novas, segundo porque elas vêm de baixo.
  2. Trate a identificação de problemas como um sinal de fracasso, algo que deve ser mantido escondido. Desencoraje qualquer discussão sobre as coisas que não funcionam e precisam ser melhoradas.
  3. Mantenha tudo sobre o seu estrito controle e deixe claro que você é a única pessoa que pode pensar.
  4. Expresse suas críticas com rispidez e seja impaciente com as sugestões de seus colaboradores.
  5. Ao invés de analisar e discutir as ideias que lhe são apresentadas, submeta-as às críticas de outros departamentos ou comitês. Isto o dispensará de tomar decisões, pois você considerará somente as ideias sobreviventes, se houver alguma.
  6. Mantenha sua equipe desinformada sobre os objetivos estratégicos e os grandes desafios da empresa. Assim, eles se manterão acomodados e despreocupados, sem aborrecê-lo com perguntas e sugestões.
  7. Acima de tudo, nunca se esqueça que você, como membro da alta gerência, já conhece tudo de importante neste negócio. Você não precisa que lhe digam o que pode ser mudado e nem como ou quando.
Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Criatividade e motivação

Programa de sugestões: como obter idéias melhores e úteis

Como desenvolver a criatividade de sua equipe

Criatividade e inovação na pequena empresa

Criatividade e comunicação: A importância de saber ouvir

Para uma lista completa, consulte Índice de Artigos

Escreva seu comentário

{ 5 comentários… leia-os abaixo ou escreva o seu }

Sandra Montenegro fevereiro 15, 2009 às 09:24

Muito bom o seu texto. Na maioria da vezes, informar demais, dizer tudo o que os outros devem fazer mata a busca por soluções, pela curiosidade, pela autonomia e bloqueia a criatividade.

Responder

Paulo Guilherme Hostin Sämy fevereiro 6, 2009 às 13:45

Gostei. Muito bom. Sugiro que consulte meu trabalho – Criatividade em equipe – Editora Suma Econômica – http://www.suma.com.br – disponível sob este título em pesquisa no Google.

Sds,

pghs

Responder

Jairo Siqueira fevereiro 6, 2009 às 20:56

Paulo,

Obrigado pela sugestão.

Responder

Ana janeiro 13, 2009 às 16:19

Parabéns pela matéria!!!

Ana

Responder

Sylvio R. dezembro 8, 2008 às 10:09

Uma boa alfinetada em muitos gestores.

Responder

Artigo anterior:

Artigo seguinte: