Inovação: o desafio permanente

por Jairo Siqueira · 1 comentário

em Criatividade, Inovação, Motivação

dialogo

Um leitor faz algumas perguntas que levantam pontos importantes e atuais sobre a criatividade e inovação.

A criatividade pode ser exercitada por todos? Como? Pode nos dar algumas dicas?

Há alguns meses coloquei a seguinte pergunta na Internet: A criatividade é uma dádiva de Deus ou uma habilidade aprendida? Recebi mais de setenta respostas de profissionais de diversos países , como EUA, Índia, Malasia, Canadá e França,  que podem ser resumidas: A criatividade é tanto um dom natural, que varia de pessoa para pessoa, como também uma habilidade que pode ser cultivada e aprimorada.

Eu concordo plenamente. Não nascemos igualmente criativos, mas todos trazemos uma centelha criativa que pode e deve ser cultivada. Para isso, o primeiro passo é acreditar firmemente que você é criativo. O segundo, identificar e combater as barreiras emocionais que o impedem de usar plenamente a sua imaginação, especialmente, o medo de errar e parecer ridículo. Terceiro, tornar-se realmente um expert no assunto a que se dedica. Ninguém pode pretender ser um bailarino ou um químico criativo sem dominar as técnicas de dança ou química.

Qual é a importância de se trabalhar a criatividade na nossa sociedade de hoje? E a inovação?

A criatividade sempre foi e será fundamental para o bem estar e sobrevivência da humanidade. Foi a criatividade que transformou minérios brutos em ferramentas e nos deu os meios para curar doenças, navegar pelos rios e mares e alçar vôos para além dos limites de nosso planeta. Hoje, a sociedade precisa urgentemente de idéias inovadoras para combater as injustiças sociais e a fome e para usar de forma inteligente os recursos naturais.

Muitos – empresas e pessoas – vêm fazendo isso ou ainda estamos marcando passo?

Penso que o Brasil aproveita uma parcela irrisória da criatividade de seu povo. Falta-nos uma política séria de apoio à pesquisa e de fomento à inovação. Nas empresas, gerentes míopes desperdiçam os conhecimentos, talentos e experiências dos trabalhadores. Excetuando-se alguns poucos setores, ficamos cada vez mais distantes dos países e empresas que lideram na criação de novas tecnologias. Hoje somos líderes em biocombustíveis, mas vários laboratórios no mundo estão trabalhando em novas fontes de energias renováveis que poderão tornar as nossas atuais soluções obsoletas. A inovação é uma corrida sem fim.

Você faz uma diferenciação entre criatividade e inovação.  Mas para inovar, é preciso ser criativo, não? Explique um pouco como funciona essa dinâmica criatividade/inovação.

Criatividade é o processo mental de geração de novas ideias. Estas ideias podem ser consideradas úteis ou inúteis. Inovação é a implementação de uma nova ideia considerada valiosa pela sociedade. Esta nova ideia pode ser um produto, um serviço, um objeto, etc. Em outras palavras, a inovação é a aplicação da criatividade na solução de um problema ou na criação de algo que atenda as necessidades ou desejos do mercado.

Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Criatividade e inovação

Bloqueios à criatividade

10 atitudes das pessoas muito criativas

Criatividade: como superar o medo de falhar

Trilha Natural: sua criatividade na defesa do meio ambiente

Para uma lista completa, consulte o Índice de artigos

Escreva seu comentário

{ 1 comentário… leia-o abaixo ou escreva o seu }

eliana giorgi junho 16, 2009 às 12:04

Ola como já escrevi anteriormente, sou uma pessoa super criativa.
Porém não adianta NADA minhas idéias se não tenho como compartilhar. Algumas tem que se patentear e ai já é outro processo e ai temos que divulgar, ai já é mais outro processo e ai temos que tentar viabilizar sua fabricação ai já é outro processo.
Ou seja não adianta INCENTIVAR a criatividade e depois não ter como utiliza-la. É preciso ter uma empresa da importância do SEBRAE para ajudar estas pessoas com suas idéias pois nem sempre elas estão dentro de uma empresa. As são pessoas simples, comuns e que tem a mente brilhante.
Eliana
Preciso de ajuda…

Responder

Artigo anterior:

Artigo seguinte: