Superando o falso dilema entre inovação e melhoria contínua

por Jairo Siqueira · 0 comentários

em Criatividade, Inovação, Qualidade

Tem sido muito comum alguns pretensos gurus da criatividade e inovação declararem que somente a inovação disruptiva importa e que não há mais espaço para a melhoria contínua. Por ignorância ou simples oportunismo, tentam sepultar o Kaizen, o Lean Manufacturing, o Six Sigma e outras técnicas de melhoria da qualidade como obsoletas, repetindo: Só a inovação importa, ou inova ou morre.

De fato, hoje as empresas enfrentam um imperativo de mudança, como nunca enfrentaram no passado. O pensamento criativo se tornou uma competência essencial, pois o ciclo de vida de processos, produtos e serviços encolheu. Contudo, isto não significa que a melhoria contínua se tornou dispensável. Mesmo nos ciclo de vida curta há necessidade permanente de ações para corrigir deficiências e realizar melhorias para se retirar o máximo proveito do produto, ou mesmo prolongar sua vida útil. Inovar é importante, mas fazer mais com menos será sempre essencial para tornar as novidades mais lucrativas e competitivas.

Nem todos os setores do mercado requerem inovações disruptivas frequentes. Às vezes, simples melhorias são suficientes para manter o produto competitivo e lucrativo por algum tempo, ou mesmo para ganhar uma sobrevida enquanto se trabalha na sua inovação. Um ponto importante é saber reconhecer quando o produto atingiu sua obsolescência e as melhorias não conseguem mais agregar valor para os clientes. Este é o momento da inovação disruptiva, da substituição do velho pelo novo.

De outro lado, até quando a gestão da qualidade continuará ignorando as ferramentas de criatividade? A literatura sobre gestão da qualidade se mantém virtualmente silenciosa sobre a criatividade e suas ferramentas. Alguns livros e cursos sobre a gestão da qualidade se limitam a mencionar a necessidade de criatividade na solução de problemas complexos sem acrescentar qualquer orientação prática sobre suas técnicas e ferramentas. A única ferramenta de criatividade que parecem conhecer é o velho e bom Brainstorming. Há uma vasta literatura sobre criatividade e inovação oferecendo orientações sobre as ferramentas de criatividade que podem ser muito úteis aos profissionais da gestão da qualidade e melhoria continua.

As empresas, e seus clientes, podem ser muito beneficiadas pelo melhor entrosamento entre melhoria contínua, criatividade e inovação. No próximo artigo  –Inovar ou melhorar, eis a questão – abordaremos a estratégia para promover este entrosamento.

Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Clima organizacional, criatividade e inovação

Inovação em tempo de turbulências

Para sobreviver à crise, use seus ativos e competências com inteligência

Procurando por novas oportunidades de inovação? Questione seu trabalho

A arte das perguntas criativas e desafiadoras

Para uma lista completa, consulte o Índice de artigos

Escreva seu comentário

{ 0 comentários… acrescente o seu agora }

Artigo anterior:

Artigo seguinte: