Problemas difíceis? Seus sonhos podem ajudá-lo na solução

por Jairo Siqueira · 0 comentários

em Criatividade, Técnicas e Ferramentas

Post image for Problemas difíceis? Seus sonhos podem ajudá-lo na solução

Os sonhos são frequentemente bizarros, incoerentes ou mesmo triviais, mas às vezes podem ser valiosas fontes de soluções criativas para problemas complexos. Tanto na ciência, como nas artes, há numerosos casos em que ideias criativas e inovadoras surgiram através de sonhos.

No campo artístico, escritores, compositores e outros relatam ter se inspirado em seus sonhos. Mary Shelley sonhou as duas principais cenas que deram origem ao livro Frankenstein; o mesmo ocorreu com Robert Louis Stevenson na criação do livro O Médico e Monstro.

No campo da ciência e suas aplicações, há importantes descobertas e invenções que se originaram dos sonhos. Entre os casos mais famosos, temos o sonho relatado pelo químico Friedrich August Kekulé von Stradonitz (1829 – 1896) e o sonho de Elias Howe (1819 – 1867), inventor da máquina de costura.

August Kekulé é uma figura notável na história da química, especialmente da química orgânica. Devemos a Kekulé uma das mais revolucionárias descobertas da química orgânica, revelada através de um sonho bizarro. Kekulé trabalhou durante anos para desvendar a estrutura molecular do benzeno (C6H6). Até então, os compostos de carbono conhecidos tinham uma estrutura molecular linear com cadeias laterais, contudo esta estrutura linear aberta parecia não se aplicar ao benzeno. Uma noite ele adormeceu em frente à lareira e sonhou com várias cobras rastejando e se contorcendo, que finalmente formaram um anel de seis cobras, cada uma mordendo a cauda da outra. Ao acordar, ele interpretou o hexágono formado pelas cobras como a solução para a estrutura molecular do benzeno.

Elias Howe teve a ideia de uma máquina com uma agulha para costurar tecidos, mas não sabia exatamente como ela poderia trabalhar. O problema estava onde localizar o buraco da agulha para passar a linha. Ele tinha tentado uma agulha com duas pontas e o buraco no meio, mas não funcionou. Ele se sentia sem ideias para solucionar o problema. Uma noite ele sonhou que estava sendo perseguido por uma tribo de índios ferozes que portavam lanças com um buraco em forma de olho na ponta. Quando acordou, ele percebeu que seu sonho tinha fornecido a solução: colocar o buraco para a linha na ponta da agulha.

Portais para a criatividade

O mecanismo pelo qual os sonhos oferecem soluções criativas ainda não é plenamente conhecido, mas pode ser que, durante o sono, nosso cérebro tenha mais liberdade para trabalhar as informações disponíveis e explorar ideias alternativas não consideradas quando estamos acordados. Pesquisas começam a sugerir que os sonhos são simplesmente pensamentos num estado bioquímico diferente. As áreas do cérebro que restringem nosso pensamento ao que é lógico e familiar são menos ativas durante o sono. Esta desinibição é uma parte crucial do pensamento criativo; os bloqueios mentais são rompidos, e novas pistas e novas abordagens são reveladas.

Quando o sonhador acorda, as informações podem ter sido processadas de novas maneiras e soluções alternativas podem estar disponíveis. Como diz a sabedoria popular: Se o problema parece insolúvel, tente dormir com ele.

Deirdre Barret, psicóloga da Harward Medical School, estudiosa de sonhos e autora do livro The Committee of Sleep, afirma que podemos adotar algumas técnicas e hábitos para tirar melhor proveito dos nossos sonhos na solução criativa de problemas. Eis o que ela recomenda:

  1. Escreva seu problema como uma frase ou sentença curta e coloque ao lado de sua cama, juntamente com um lápis e um bloco de notas. Se quiser, acrescente uma lanterna.
  2. Arrume objetos relacionados ao problema sobre a mesa de cabeceira ou na parede do quarto. Se possível use um pôster para representar graficamente o problema.
  3. Reveja o problema por alguns minutos antes de ir para a cama.
  4. Após se deitar, visualize o problema como uma imagem concreta, se possível.
  5. Diga a si mesmo que quer sonhar com o problema assim que começar a dormir.
  6. Ao acordar, mantenha-se quieto antes de sair da cama. Procure se lembra de qualquer traço de um sonho e tente trazer mais lembranças do mesmo. Anote tudo que lembrar.

 Seus problemas parecem insolúveis? Relaxe, procure dormir e tenha bons sonhos.

Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Bloqueios à criatividade

Criatividade e intuição

Criatividade: mente aberta, olhos e ouvidos atentos

Problemas insoluveis? Tente trilhas nunca antes percorridas

Serendipity: a arte de reconhecer a aproveitar as descobertas acidentais

Para uma lista completa, consulte o Índice de artigos

Escreva seu comentário

{ 0 comentários… acrescente o seu agora }

Artigo anterior:

Artigo seguinte: