Como convencer as pessoas e vender suas ideias

por Jairo Siqueira · 45 comentários

em Criatividade, Técnicas e Ferramentas

Post image for Como convencer as pessoas e vender suas ideias

Vender ideias não é uma tarefa fácil; diferente de um produto, uma ideia não pode ser apalpada, cheirada ou medida. A força de venda de suas ideias está na sua capacidade de persuasão sobre as suas vantagens, benefícios e viabilidade.

O ponto crucial de todo processo de mudança é o momento em que suas propostas serão julgadas por quem tem a autoridade e poder de decisão. Suas ideias passarão não só por avaliações segundo critérios objetivos de viabilidade operacional, técnica e econômica, mas também pelo crivo de interesses variados e por visões e enfoques diferentes dos seus. Pouco importa se estes interesses são legítimos ou não, ou se os enfoques são ou não pertinentes, eles estarão presentes e não podem ser ignorados.

Este é o momento em que são colocadas à prova suas habilidades de persuasão e negociação. Todo cuidado é pouco e nenhuma preparação é exagerada. Depois de vários anos lidando com estas situações, aprendi algumas coisas que têm me ajudado a enfrentar com sucesso este desafio.

1. Verificação prévia: neste momento você é a pessoa menos indicada para julgar sua proposta. Você estará encantado com suas ideias e isto poderá turvar sua capacidade de discernimento. Apresente sua proposta a um grupo de amigos e peça que façam uma análise crítica. Ao invés de discutir com eles, peça que esclareçam suas opiniões e estude-as cuidadosamente. Um pouco de humildade agora poderá poupar-lhe de embaraços mais tarde. Trabalhe os pontos fracos e prepara-se para responder sobre eles.

2. Público alvo: conheça as pessoas que decidirão sobre sua proposta, seus interesses, preocupações, valores e linguagem. Quem é a pessoa chave na tomada de decisão; com quem você poderá contar na defesa de suas idéias; quais serão os grandes opositores. Procure expressar as vantagens de sua ideia na linguagem destas pessoas.

3. Empatia: coloque-se no lugar de cada uma destas pessoas e procure compreender como elas entendem a situação e serão afetadas pelas mudanças. Não se trata de concordar com todos, mas sim de entender porque e como reagirão. Com este conhecimento você poderá tratar suas objeções e preocupações de uma forma sincera, amistosa e leal. Seja firme na defesa de suas ideias, mas não se omita em relação às preocupações daqueles que discordam de você. Se vitorioso, você precisará do apoio de todos na implementação de suas ideias.

4. Credibilidade: durante sua apresentação, as pessoas estarão se perguntando sobre seu domínio do assunto e sobre a veracidade de suas afirmações e dados. Elas podem ouvi-lo educadamente, mas somente agirão se acreditarem. Algumas dicas para assegurar sua credibilidade:

  • Seja prudente e nunca assuma que acreditarão piamente em você.
  • Cheque cuidadosamente seus dados e suas fontes de informação.
  • Diga a verdade, mesmo que ela fira, mas use de todo o seu tato.
  • Não exagere e não passe do ponto de credibilidade dos ouvintes. Como diz o provérbio: Quem quer provar muito, não prova nada.
  • Aponte as desvantagens e isto fará que todo o resto se torne mais verossímil.
Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Como selecionar suas melhores idéias

15 maneiras infalíveis de aniquilar ideias criativas

Por que exaltamos a criatividade mas rejeitamos as ideias criativas?

Criatividade e comunicação: A importância de saber ouvir

Inovação: Como lidar com os insucessos e dar a volta por cima

Para uma lista completa, consulte Índice de Artigos

Escreva seu comentário

{ 1 comentário… leia-o abaixo ou escreva o seu }

danilo ferreira julho 22, 2013 às 10:27
    Gostaria de vender minhas ideias.

Responder

Artigo anterior:

Artigo seguinte: