Solução criativa de problemas – Parte 1

por Jairo Siqueira · 3 comentários

em Criatividade, Técnicas e Ferramentas

Solução Criativa - 1No âmbito pessoal, seja em casa ou no trabalho, somos confrontados diariamente por desafios que precisam ser enfrentados. Estes desafios podem ser problemas que nos causam prejuízos ou aborrecimentos, ou uma oportunidade que nos oferece a chance de fazer algo novo e diferente. Alguns destes desafios são simples, mas outros requerem soluções originais e inovadoras.

No âmbito social, a trajetória da humanidade é uma sucessão de desafios cada vez mais complexos e de soluções cada vez mais efêmeras. A solução de um desafio traz outros desafios, cujas soluções trazem novos desafios, formando uma cadeia ininterrupta de problemas a serem resolvidos. A habilidade de resolver problemas se tornou crítica, tanto no nível individual, quanto no nível organizacional e social.

Esta série é uma introdução ao conceito e técnicas de solução criativa de problemas. Nos artigos desta série abordaremos os métodos e ferramentas da solução criativa de problemas e como podem ser aplicados aos mais variados tipos de desafios e situações.

A série é formada por 4 artigos:

1. Introdução à solução criativa de problemas
2. Os dois principais métodos de solução criativa de problemas
3. Introdução ao SCP – Solução Criativa de Problemas
4. Introdução ao PIS – Pensamento Inventivo Sistematizado

Os artigos apresentam uma visão geral da solução criativa e de suas principais técnicas.
Os textos trazem referências e links que permitem o acesso à descrição detalhada das ferramentas e suas aplicações.

Problema: definição e categorias

Um problema pode ser definido como:

  • Uma discrepância entre o resultado esperado (objetivo, padrão, norma, etc.) e o resultado realmente obtido, suficientemente importante para exigir uma ação corretiva.
  • Um obstáculo, no sentido de que se não for removido, o objetivo não será atingido.
  • O mesmo que conflito, gargalo, defeito, falha, atraso, insatisfação, desperdício e tudo o mais que nos causa dissabores, sofrimentos e prejuízos.

Pensando de forma positiva, um problema não resolvido fornece oportunidades de se criar algo novo e original e de se diferenciar dos competidores.

Num nível bem amplo, os problemas podem ser classificados em duas categorias:

1. Problemas bem estruturados: são problemas claramente definidos, e cujas causas podem ser identificadas pela análise dos dados disponíveis. Na maioria das vezes, a solução decorre da formulação do problema e da análise sistematizada dos dados coletados. Normalmente, se a definição do problema e a análise dos dados forem bem feitas, a solução torna-se óbvia. Exemplos: uma torneira com vazamentos; erros na entrega de uma mercadoria; presença de impurezas na preparação de alimentos.

2. Problemas mal estruturados: estes problemas são ambíguos, sem uma definição muito clara dos caminhos a seguir para sua resolução e podem ter várias soluções com diferentes graus de eficácia. São problemas que requerem uma abordagem especulativa e a exploração de idéias sob diversas perspectivas. Exemplos deste tipo de problema: Como melhorar os serviços aos clientes? Como aumentar as receitas com meu blog? Como enfrentar a concorrência estrangeira? Como reduzir a poluição ambiental?

A solução criativa de problemas é mais apropriada para a resolução dos problemas do segundo grupo ou em qualquer situação onde se procura idéias novas e originais para se chegar ao resultado desejado.

Os 3 passos para solução de problemas

Qualquer que seja a natureza e complexidade do problema, sua solução efetiva se fundamenta em 3 estágios:

Definição do problema: uma descrição clara do que está ocorrendo e precisa ser solucionado. Obtenção de informações relevantes sobre o problema e suas prováveis causas.
Solução do problema: geração de idéias para neutralização das causas e seleção da idéia mais apropriada.
Implementação da solução: planejamento e execução das medidas para solucionar o problema.

Há diversas estratégias para a realização destes três estágios. No próximo artigo faremos a comparação entre os dois principais métodos de solução criativa de problemas.

Livros Criatividade

Artigos relacionados:

Solução criativa de problemas Parte 2

Solução criativa de problemas Parte 3

Solução criativa de problemas Parte 4

Problemas: a solução criativa começa pela definição correta

Regras para a solução criativa de problemas

Para uma lista completa, consulte Índice de Artigos

Escreva seu comentário

{ 2 comentários… leia-os abaixo ou escreva o seu }

MARCUS VINICIUS abril 18, 2008 às 13:20

Segue para conhecimento um sistema de sugestões de funcionários.

Responder

Etiene Monteiro agosto 30, 2007 às 08:02

Esse artigo vem em direção ao meu pensamento que o melhor profissional não é o mais inteligente, mas sim o mais criativo.
Trabalho em supervisão numa escola e gostaria de indicar esse artigo para outros colegas. Como fazer?

Responder

Artigo anterior:

Artigo seguinte: